A Câmara de Óbidos apela aos munícipes para que não deixem o lixo no chão Foto: CMO

O dever de permanecer em casa por causa da Covid-19 tem levado a população a avançar com as limpezas anuais. No concelho de Óbidos isso já se verifica, mas nem tudo são boas notícias.

“Estão a ser depositados todo o tipo de resíduos nos contentores, sem que se encontrem devidamente acondicionados”, dá conta a Câmara de Óbidos, apelando aos munícipes para que “não abandonem o lixo na rua” e o depositem nos contentores adequados.

A autarquia explica, em comunicado, que os serviços de recolha se mantém operacionais, mas é importante que “os contentores para deposição de resíduos sólidos urbanos não sejam sobrecarregados” e que sejam cumpridas as novas normas de acondicionamento do lixo (ver notícia em baixo).

Devido às limpezas reforçadas pela população em casa, o município tem registado um aumento de pedidos para a recolha de “monstros domésticos” (eletrodomésticos) ao domicílio, mas o serviço foi suspenso por causa do novo Coronavírus.

A Câmara de Óbidos adotou um novo procedimento para que continue a ser efetuada essa recolha e, por isso, os munícipes devem fazer o pedido à Hidurbe, empresa responsável pela recolha dos resíduos sólidos urbanos no concelho, e depositar os “monstros domésticos” à quinta-feira de manhã, junto do contentor mais próximo.

A Hidurbe comunica às juntas de freguesia os locais onde foram solicitadas as recolhas, para que se possa proceder à desinfeção dos resíduos e zonas de deposição antes da recolha, que se realiza na quinta-feira à tarde.

Foto: Câmara Municipal de Peniche

A par com este município, também a Câmara de Peniche apela a que o lixo doméstico seja colocado nos contentores apropriados, depois de se ter deparado com situações em que isso não foi efetuado.

Para a autarquia, essas ações “fazem perigar ainda mais a saúde e os trabalhadores que dia após dia, noite após noite, saiem de junto dos seus familiares para recolher aquilo que já não se quer”.

A Câmara de Peniche destaca que, no entanto, a maioria dos munícipes tem cumprido com as normas e que o “apelo é dirigido à minoria”.

“Por favor, pela sua saúde, pela sua vida, ponha a sua mão na consciência… e o seu lixo dentro do contentor!”, conclui em comunicado.

O município de Leiria partilhou na sua página de Facebook aquelas que são as novas medidas de acondicionamento do lixo doméstico divulgadas pela EGF, empresa de tratamento e valorização de resíduos, que atua na região através de duas empresas concessionárias – Valorlis e Valorsul.