Com mais 516 casos positivos de infeção pelo novo coronavírus, Portugal ultrapassou a barreira dos 21 mil casos, situando-se o total em 21.379, o que representa um crescimento de 2,5%.

A informação divulgada há momentos no boletim epidemiológico diário da Direção-geral da Saúde (DGS) refere ainda que há mais 762 óbitos, mais 27 mortes nas últimas 24 horas, o que representa uma taxa de letalidade global de 3,6% e de 12,7% no caso de pessoas com mais de 70 anos.

A região Norte continua a ser a zona mais atingida com 441 mortes, seguida da região Centro com 171 óbitos e de Lisboa e Vale do Tejo onde foram registados mais três óbitos, subindo para um total de 133 casos de letalidade.

No Algarve e nos Açores os casos de letalidade permanecem inalterados, com onze e seis mortes, respetivamente.

No Alentejo e na Madeira não há registo de vítimas mortais.

Segundo o balanço diário da DGS, estão contabilizadas 917 recuperações, mais 307 do que no dia de ontem. Pela primeira vez, desde 2 de março, que o número de doentes recuperados é superior ao número de óbitos por covid-19.

Internadas em unidades hospitalares estão 1172 pessoas (menos 36 do que no dia de ontem), das quais 213 em cuidados intensivos (menos duas).

Até à data, Portugal registou 202.769 casos suspeitos de infeção pelo novo coronavírus, dos quais 176.381 não se confirmaram.

Estão a aguardar resultado laboratorial 5.009 pessoas e permanecem 30.646 pessoas em vigilância.

Quase três centenas de casos positivos na região

O concelho de Pombal é, ao dia de hoje, o município com mais casos confirmados de Covid-19, com 61 casos, seguido de Leiria. Em ambos os municípios, face ao dia de ontem, registou-se um aumento de dois casos positivos.

Alvaiázere permanece com 34 casos identificados, resultado da situação de contágio que aconteceu no Lar  Solar D. Maria no início do mês de abril, seguido de Alcobaça, com 27 casos. No entanto, durante o dia de hoje são aguardados os resultados dos testes aos funcionários do supermercado de Alcobaça encerrado na última sexta-feira por indicação do presidente de Câmara Paulo Inácio.

Fonte: Comissão Distrital de Leiria da Proteção Civil, Comunidade Intermunicipal do Oeste e municípios

Pedrógão Grande confirmou esta manhã a existência de um quarto caso positivo, um dia depois do município ter anunciado a criação de 164 camas de isolamento para apoiar a população em caso de necessidade de isolamento face à infeção pelo novo coronavírus..

As quatro pessoas que permaneciam em vigilância em Castanheira de Pera deixaram de estar, pelo que o concelho não apresenta qualquer caso confirmado ou suspeito. Também Nazraé permanecem sem casos ativos.

O número de mortes por Covid-19 permanece inalterado nos 17 casos.