Assinar
Covid-19

Covid-19: Procura de kits de proteção entregues pela Câmara de Leiria supera disponibilidade de equipamentos

Do total de inscrições recebidas, município já entregou metade dos pedidos. Há várias locais com entrega suspensa e vários leirienses a dar conta de kits incompletos.

Kits de proteção começaram a ser distribuídos na segunda-feira em vários locais de Leiria e nas juntas de freguesia. Foto: CML

A entrega dos kits de proteção – máscaras e viseiras – da Câmara de Leiria aos munícipes continua a decorrer mas são vários os casos onde a falta de material levou à suspensão da distribuição.

Com mais de 70.225 inscrições na campanha #LeiriaProtege, até ontem a autarquia informou que conseguiu entregar 35 mil kits.

O primeiro dia da iniciativa, na segunda-feira, registou logo uma elevada procura e foram vários os pontos onde a entrega teve que ser suspensa. Nas freguesias de Marrazes e Barosa, Amor, Arrabal, Santa Eufémia e Boavista o equipamento disponível não chegou para a procura.

Em Leiria, nos três pontos de distribuição (Mercado de Santana, largo do Papa e piscinas municipais), a entrega dos kits foi suspensa no dia de ontem, quarta-feira, tal como na freguesia de Milagres e de Monte Real e Carvide. Já hoje, a operação retomou na cidade de Leiria com mais entregas.

O REGIÃO DE LEIRIA sabe que além da falta de kits em número suficiente para a procura, muitos estão a ser entregues incompletos, só com a máscara ou com a viseira sem todos os elementos.

O REGIÃO DE LEIRIA procurou obter esclarecimentos da autarquia sobre quando vão estar disponíveis os novos kits, como é que os leirienses vão ser informados da entrega dos equipamentos ou até quando é que a campanha de oferta dos kits de proteção vai estar ativa. A informação chegou depois da publicação deste artigo (ver aqui).

“R” é agora a letra mais importante da palavra Leiria

Ainda assim, ontem, ao final do dia, divulgou uma mensagem na página de Facebook do município, a dar conta da “estrutura logística muito complexa” que foi montada em tempo recorde e a garantir que a entrega do kit será assegurada.

“A dimensão desta campanha, que registou uma procura sem precedentes no nosso concelho, envolve uma estrutura logística muito complexa. Esta foi uma operação montada a partir do zero, em tempo record. Foi necessário arranjar uma empresa de confeções que teve de ajustar o seu processo de fabrico à produção de máscaras. Foi necessário recorrer a um parceiro tecnológico para criar o programa de inscrições e foi necessário organizar várias equipas de colaboradores do Município para a preparação e distribuição dos kits. Estamos a trabalhar para garantir que o equipamento chegue a todos com a maior brevidade possível”, informa o município de Leiria numa publicação na página de Facebook.

Como pedir kit de proteção?

Para ter acesso ao kit, os cidadãos devem efectuar uma inscrição na plataforma https://leiriamarket.pt, no separador Leiria Protege, onde é disponibilizado um formulário com indicação do número de elementos do agregado familiar.

Após o preenchimento, o munícipe vai receber uma confirmação devendo o levantamento ser efetuado no local selecionado, mediante apresentação de cartão de cidadão.

Além da plataforma, os leirienses podem também preencher o formulário diretamente nas Juntas de Freguesia do concelho e no Mercado de Sant’Ana.

A campanha #LeiriaProtege abrange também o comércio, com distribuição gratuita de viseiras de proteção. Para aceder aos equipamentos, é necessário proceder também ao preenchimento de um formulário em https://bit.ly/2VoVjDV .

Segundo o presidente da Câmara de Leiria, Gonçalo Lopes, o objetivo desta campanha é garantir que os leirienses possam gradualmente retomar o ritmo das suas vidas, com todas as medidas de segurança.

“Após o fim do estado de emergência vamos ter de enfrentar este grande desafio que é o de retomar, em segurança, o funcionamento das nossas empresas, das nossas instituições, para que possamos sair da crise económica que já nos está a atingir”, afirma Gonçalo Lopes.

(Atualização no dia 8 de maio de 2020, pelas 11 horas, com indicação da resposta da autarquia de Leiria)

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.