Assinar Edições Digitais
Covid-19

Covid-19: Região de Leiria ultrapassa os 20 mil casos no mesmo dia em que confirma mais 21 mortes

Esta quarta-feira há mais 896, o que é um novo máximo diário de novos casos na região.

São números demasiado pesados os que o último balanço epidemiológico das autoridades de saúde da região apresentam esta quarta-feira.

Com mais 896 casos positivos de Covid-19, a região de Leiria (distrito de Leiria e concelho de Ourém) ultrapassa a barreira dos 20 mil casos confirmados desde o início da pandemia. Mais concretamente chega a um total de 20.310.

Leiria tem o valor diário mais elevado desde sempre, com 218 novos casos de infeção, seguindo-se nesta contagem da situação pandémica os concelhos de Pombal, com 137 novas infeções, e Alcobaça, com 102.

Esta quarta-feira os dados referentes aos concelho do norte do distrito foram atualizados e também representam uma fatia importante deste novo máximo diário.

Com menos de uma centena de novas situações confirmadas pelas autoridades de saúde, estão os concelhos de Ansião, que tem mais 72 casos positivos, Caldas da Rainha (63), Marinha Grande (49), Porto de Mós (43), Figueiró dos Vinhos (35), Alvaiázere (34), Batalha (32), Ourém (25), Nazaré (16) e Castanheira de Pera (13).

Pedrógão Grande (8), Óbidos (6) e Bombarral (5) são os únicos concelhos com menos de uma dezena de novos casos.

Esta quarta-feira, o número de óbitos confirmados é o segundo maior na região desde o início da pandemia. A 23 de janeiro, 22 pessoas morreram com causas associadas à SaRs-CoV-2, hoje foram 21.

Dez dos óbitos foram registados no concelho de Ansião, três em Caldas da Rainha e em Alvaiázere, dois em Leiria e em Óbidos e um em Alcobaça.

O total de óbitos na região é de 466 vítimas.

O aumento de casos não é contrariado pelas recuperações na região que hoje são de 585. Dos 17 concelhos da região, apenas Ourém e Castanheira de Pera não têm registo de recuperações.

Tal como nos novos casos, é Leiria quem tem o maior número de doentes recuperados: 196, seguida de Pombal (115) e Alcobaça (55).

Figueiró dos Vinhos e Alvaiázere têm 37 doentes recuperados cada, Porto de Mós mais 29 e Batalha outros 20. Na Marinha Grande há 19 recuperações, em Caldas da Rainha 18 e na Nazaré 16. Em Pedrógão Grande, os 14 recuperados permitem reduzir o número de ativos no concelho, enquanto no Bombarral são 12 os cidadãos que venceram a infeção e em Óbidos 9. Por último, Peniche e Ansião têm mais quatro utentes recuperados cada.

Permanecem ativos 6.277 utentes, o que representa também um novo máximo (mais 290 do que ontem).

Fonte: Comissão Distrital de Proteção Civil de Leiria, Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo e municípios. 

Os dados referem-se aos 16 concelhos do distrito de Leiria e ao concelho de Ourém que, apesar de pertencer ao distrito de Santarém, mantém com Leiria grande proximidade e tem o Hospital de Santo André como hospital de referência.

País regista novo máximo de mortalidade diária

Portugal registou hoje 293 mortos relacionados com a covid-19, um novo máximo diário desde o início da pandemia, e 15.073 novos casos de infeção com o novo coronavirus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Hoje é o segundo dia com maior número de novos casos diários de infeção. O valor mais alto foi atingido em 23 de janeiro, quando as autoridades registaram 15.333 casos de infeção em 24 horas.

O boletim epidemiológico revela também que estão internadas 6.603 pessoas, mais 131 em relação a terça-feira, o que representa um máximo diário de internamentos, das quais 783 em unidades de cuidados intensivos (mais 18 nas últimas 24 horas).

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 11.305 mortes associadas à covid-19 e 668.951 casos de infeção pelo vírus SARS-CoV-2, estando hoje ativos 172.893 casos, mais 5.512 do que na terça-feira.

O boletim regista ainda que mais 9.268 pessoas foram dadas como recuperadas, fazendo subir para 484.753 o número de recuperados desde o início da pandemia em Portugal.

As autoridades de saúde têm em vigilância 220.256 contactos, mais 4.486 relativamente ao dia anterior.

Relativamente às 293 mortes registadas nas últimas 24 horas, 136 ocorreram em Lisboa e Vale do Tejo, 66 na região Centro, 59 na região Norte, 26 no Alentejo, cinco na região do Algarve e uma na região Autónoma do Açores.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificadas 7.605 novas infeções, o maior número diário desde o início da pandemia, contabilizando-se até agora 235.498 casos e 4.267 mortes.

A região Norte registou 3.959 novas infeções por SARS-CoV-2 nas últimas 24 horas e desde o início da pandemia já contabilizou 293.171 casos de infeção e 4.258 mortes.

Na região Centro, registaram-se mais 2.309 casos, acumulando-se 94.073 infeções e 1.942 mortos.

No Alentejo, foram assinalados mais 484 casos, totalizando 23.208 infeções e 597 mortos desde o início da pandemia em Portugal.

A região do Algarve tem hoje notificados 500 novos casos, somando 16.029 infeções e 183 mortos.

A Madeira registou 191 novos casos. Esta região autónoma contabiliza 3.663 infeções e 34 mortes devido à covid-19.

Na Região Autónoma dos Açores foram registados 25 novos casos nas últimas 24 horas, somando 3.309 infeções e 24 mortos.

Com Lusa

(Notícia atualizada às 14h41 com dados nacionais)