Assinar
Covid-19

Covid-19: Região de Leiria tem o número de casos ativos mais baixo desde novembro

Autoridades confirmam mais 34 infeções, dois óbitos, ambos em Leiria, e 79 doentes recuperaram da doença.

As autoridades de saúde e municípios revelam que há mais 34 casos de infeção por Covid-19, duas mortes e 79 recuperados nas últimas 24 horas na região de Leiria.

Pela primeira vez desde novembro que o número de casos ativos na região não estava tão baixo. Hoje há 962 pessoas que continuam com a doença ativa. Abaixo de um milhar de casos, é preciso recuar ao dia 10 de novembro de 2020, quando se registaram 970 casos ativos.

Ainda assim, o número de novas infeções é o maior na última semana. Este sábado, dia 6, há mais 34 casos positivos, registados em apenas seis concelhos: Leiria tem mais 13, Pombal com 8, Caldas da Rainha com 7, Peniche outros 3, Alcobaça 2 e Porto de Mós com 1.

Há dois óbitos a lamentar, ambos no concelho de Leiria, que já confirmou 162 mortes associadas à doença desde o início da pandemia. Na região (distrito de Leiria e concelho de Ourém), foram contabilizadas 851 vítimas no último ano, com causas associadas à infeção pelo novo coronavírus.

Relativamenta às recuperações, 79 nas últimas 24 horas, estão concentradas em sete municípios: Pombal é o que apresenta um maior número de recuperados, 31, seguido de Leiria com 19 e Caldas da Rainha com 11. Alcobaça, Porto de Mós e Peniche têm cinco recuperações cada, enquando na Marinha Grande há três.

Não há alterações aos dados da pandemia em 10 dos 17 concelhos da região de Leiria.

Os concelhos do Agrupamento de Centros de Saúdes Pinhal Interior – Alvaiázere, Ansião, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos e Pedrógão Gramde – não atualizaram os dados.

Fonte: Comissão Distrital de Proteção Civil de Leiria, Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo e municípios. Este balanço não inclui os dados relativos aos cinco concelhos do norte do distrito de Leiria.

Os dados referem-se aos 16 concelhos do distrito de Leiria e ao concelho de Ourém que, apesar de pertencer ao distrito de Santarém, mantém com Leiria grande proximidade e tem o Hospital de Santo André como hospital de referência.

(em atualização)

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.