Assinar
Covid-19

Balanço da Covid-19 passará a ser publicado apenas à sexta-feira

Com a desativação do Plano Distrital de Emergência de Proteção Civil, o boletim Covid-19 que, diariamente, as autoridades enviavam às redações, passa a ser remetido apenas à sexta-feira.

imagem 3d do coronavírus

Durante mais de um ano, o REGIÃO DE LEIRIA publicou diariamente a evolução dos novos casos de Covid-19, o número de pessoas recuperadas e os óbitos associados à infeção por SARS-CoV-2.

Estes valores têm permitido, desde o início da pandemia, conhecer os casos ativos de cada município e o total da região, território onde se incluem os 16 concelhos do distrito de Leiria e o concelho de Ourém que, apesar de pertencer ao distrito de Santarém, mantém com Leiria grande proximidade e tem o Hospital de Santo André como hospital de referência.

Para este trabalho diário, o REGIÃO DE LEIRIA teve sempre como fonte o boletim Covid-19 emitido pela Comissão Distrital de Proteção Civil de Leiria, a página online dos municípios – quando estes fazem essa divulgação – e a página online da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo, através da qual é possível acompanhar a evolução no concelho de Ourém.

Com a desativação do Plano Distrital de Emergência de Proteção Civil, a 1 de outubro, o boletim Covid-19, que diariamente era enviado às redações, passará a ser remetido apenas à 00h05 de sexta-feira.

Por essa razão, o balanço efetuado pelo REGIÃO DE LEIRIA passará também a ser publicado à sexta-feira, periodicidade que, no entanto, pode ser alterada se a propagação da doença o justificar.

Na noite passada, a Proteção Civil já não emitiu o boletim, pelo que apenas é possível fazer a atualização dos dados nos municípios que dispõem dessa informação online.

Face ao dia de ontem, a tabela apresentada este sábado apenas inclui alterações nos concelhos de Ourém, onde se verificaram 12 recuperações e um novo caso, Nazaré, com mais um caso confirmado e uma recuperação, Óbidos, com duas recuperações e um novo caso, e Peniche, com três doentes recuperados.

Fonte: Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo e municípios. 

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.