Assinar
Cultura

Candidatura de Leiria a Capital Europeia da Cultura 2027 com orçamento de 390 mil euros para 2022

Conselho Geral da Rede Cultura 2027 aprovou contributo municipal de 50 cêntimos por habitante

"Praça", aqui numa das imagens do vídeo de candidatura de Leiria, é o mote para a programação da Rede Cultura 2027 para 2022

A candidatura de Leiria a Capital Europeia da Cultura 2027 vai dispor de 390 mil euros para a atividade de 2022, anunciou a entidade gestora do projeto, a Rede Cultura 2027. 

Reunido quinta-feira à noite, o Conselho Geral da Rede Cultura 2027 acordou uma comparticipação anual de 50 cêntimos por habitante, contribuindo cada um dos 26 municípios que integram a candidatura consoante a demografia de cada qual. O concelho de Leiria, enquanto cidade porta-estandarte, é majorado “em 25% do financiamento de cada um dos demais municípios”, avança a Rede Cultura 2027 em comunicado. 

Os 390 mil euros vão ser investidos num plano de atividades para “capacitação cultural de todo o território da Rede Cultura 2027”, habitado por quase 800 mil pessoas, sublinha a organização.

A distribuição orçamental aprovada permite “preservar a diversidade de escala de cada um dos 26 municípios” e “a paridade e equidade entre todos”, resultando uma amplitude contributiva que vai de 1.323,50 euros a 81.177 euros, do menos ao mais populoso dos concelhos.

Em 2022, as atividades promovidas pela candidatura de Leiria vão nascer do conceito de “Praça”, procurando “o envolvimento dos agentes e participantes dos 26 territórios constituintes da candidatura”. 

Segundo a nota divulgada, o plano vai “fazer chegar aos nossos concidadãos e aos nossos tecidos culturais e sociais uma proposta de atividades intensa, participada e valorizadora dos nossos territórios, das nossas populações e da forma como vivemos e fazemos Europa”.

Esta sessão do Conselho Geral da candidatura, que reúne os 26 presidentes dos municípios aderentes e os responsáveis da Diocese de Leiria-Fátima, politécnicos de Leiria e de Tomar e Nerlei – Associação Empresarial da Região de Leiria, aconteceu no dia em que foi entregue o Livro de Candidatura para a primeira fase de seleção da futura Capital Europeia da Cultura a atribuir a Portugal, em 2027, documento intitulado “Curar o comum”.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.