Assinar
Sociedade

Campanha do fim de semana traz “mais de 67 toneladas” de alimentos para o Banco Alimentar de Leiria-Fátima

Na área de intervenção de Leiria-Fátima, participaram mais de mil voluntários na campanha de 27 e 28 de novembro.

A campanha nacional do Banco Alimentar Contra a Fome voltou aos supermercados este fim de semana e, na área de intervenção do Banco Alimentar (BA) de Leiria-Fátima, o regresso foi “muito forte e cheio de energia”.

De acordo com o presidente da instituição, António Oliveira, os dois dias de recolha resultaram em “mais de 67 toneladas” de produtos alimentares doados.

O regresso às campanhas presenciais, após um interregno em 2020 provocado pela pandemia, contou com o apoio de “mais de mil voluntários” nos concelhos de Leiria, Alvaiázere, Batalha, Porto de Mós, Marinha Grande, Pombal, Figueiró dos Vinhos, Pedrógão Grande, Alvaiázere e Ourém.

Para o responsável, a iniciativa deixou “uma sensação muito boa, em que se notou, sobretudo nos voluntários, um desejo de ajudar os outros”.

Nem mesmo as medidas de segurança impostas pelo contexto pandémico, como o uso de máscara, desinfeção frequente das mãos, ausência de zona de convívio e criação de turnos para o apoio ao armazém, desmobilizaram os participantes.

Em relação à última campanha nacional presencial, que aconteceu em 2019, o BA Leiria-Fátima recolheu no passado fim de semana menos quatro toneladas de alimentos, diferença que António Oliveira considera ser “nada preocupante, nem desmotivante”, uma vez que houve também um decréscimo no número de lojas aderentes.

Este fim de semana os voluntários estiveram presentes em 51 lojas, “menos 16 ou 17” do que nos outros anos.

A nível nacional foram recolhidas mais de 1.680 toneladas de produtos alimentares, em 1.300 superfícies comerciais, distribuídas por 18 regiões – Abrantes, Algarve, Aveiro, Beja, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Leiria-Fátima, Lisboa, Oeste, Portalegre, Porto, Santarém, Setúbal, S. Miguel, Viana do Castelo, Viseu e Terceira.

Cerca de 22 mil voluntários estiveram envolvidos nesta campanha em todo o país.

Quem não teve oportunidade de se dirigir a um supermercado no último sábado e domingo ainda vai a tempo de contribuir para o Banco Alimentar através das campanhas Ajuda Vale e Alimente esta ideia.

A Ajuda Vale está disponível nas caixas de supermercado até dia 5 de dezembro, com a venda de vales associados a produtos alimentares. Os donativos serão encaminhados para o Banco Alimentar da região onde os vales forem adquiridos, tal como acontece com os bens recolhidos nos estabelecimentos comerciais aderentes.

Quem não puder deslocar-se aos pontos de recolha ou residir fora de Portugal tem como alternativa a doação através do site Alimente esta ideia. Na plataforma é possível escolher os bens a doar e o Banco Alimentar onde deverão ser entregues.

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar