Assinar Edições Digitais
Covid-19

Covid-19: Teste a mãe de doente do Carriço, Pombal, também deu positivo

Mãe de doente do Carriço sofria de insuficiência renal e estava internada em Coimbra. Tinha 94 anos, faleceu na terça-feira, mas o resultado do teste só foi conhecido na quarta

São três os casos confirmados de doentes infetados com o novo coronavírus na área do Agrupamento de Centros de Saúde do Pinhal Litoral (ACES PL): dois na freguesia do Carriço (Pombal) e um na Praia da Vieira (Marinha Grande).

No Carriço, além de um doente de 63 anos que se encontra internado na Figueira da Foz, soube-se hoje que a mãe, de 94 anos – e que faleceu ontem, terça-feira, em Coimbra, onde tinha dado entrada com outros problemas de saúde –  também teve resultado positivo no teste de despiste da Covid-19.

Segundo José Ruivo, delegado de Saúde Pública do concelho de Pombal, a mulher sofria de insuficiência renal, fazia diálise, pelo que o seu internamento, no serviço de Nefrologia, não terá sido associado ao novo coronavírus.

Só ontem, ao final do dia, é que foi também confirmado o resultado do teste do filho, um ex-militar reformado, “muito conhecido” no Carriço, “amigo de todos” e de “grande relacionamento social”.

Desde então, as autoridades de Saúde e Junta de Freguesia têm-se desdobrado para tentar identificar o maior número possível de pessoas que possam ter contactado mãe e filho nos últimos dias.

Mais do que averiguar como e quando ficaram ambos infetados, “a nossa preocupação são aqueles que possam ter contactado com eles e possam estar doentes”, destacou o responsável, estimando serem “umas dezenas”.

José Ruivo recomenda às pessoas que fiquem em casa, e no caso de terem sintomas da doença – tais como tosse, febre, dores musculares, dores de cabeça, fraqueza e/ou dificuldades respiratórias -, que liguem para a linha SNS24 (808 24 24 24) ou para a Unidade de Saúde Pública do Centro de Saúde de Pombal (236 200 970).

O responsável assume que a situação “é preocupante”, nomeadamente por “todos aqueles que poderão estar doentes sem o saber e que poderão contagiar outras pessoas”, frisou.

Também preocupado, Pedro Silva, presidente da Junta de Freguesia do Carriço, admite algum alarme social a nível local mas apela à colaboração de todos para chegar a quem tenha convivido com os dois doentes, para serem avaliados e aconselhados pelos serviços de saúde.

Entretanto, foi identificado o terceiro caso positivo de Covid-19 da área do ACES PL, na Praia da Vieira. Trata-se de uma pessoa com cerca de 60 anos de idade, que veio de França.

A pessoa “está em isolamento, está tranquila e está a ser acompanhada”. “Tudo o que tínhamos de fazer já foi feito do ponto de vista da intervenção da Saúde Pública, garantidamente”, explica Odete Mendes, delegada coordenadora da Unidade de Saúde Pública do ACES PL, reiterando o empenho das autoridades de saúde na tarefa de assegurar que “as situações sejam identificadas e garantir que não há transmissão na comunidade”.