Assinar

Últimas

Primeira página

O Tempo

Hoje

Céu parcialmente nublado

19º

máxima

mínima

Dom. 25/10

Aguaceiros


18º

máx.


11º

mín.

Seg. 26/10

Aguaceiros fracos


17º

máx.


mín.

Ter. 27/10

Chuva fraca ou chuvisco


19º

máx.


mín.

Fonte: IPMA

O Tempo

Fonte: IPMA


Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.

Visto

Visto

18/10/2020

Itália Foi um “festival de sofrimento”. Para João Almeida, que assim descreveu a etapa, e para quem o acompanhou pela televisão, no domingo, na Volta a Itália. O ciclista de Caldas da Rainha pedalou os últimos nove de 185 quilómetros da 15ª etapa, com um desnível superior a 10%, sozinho, em perseguição ao grupo da frente e com um objetivo bem claro, segurar a camisola rosa. E conseguiu, batendo mais um recorde: há 41 anos que nenhum ciclista sub23 conseguia manter-se na liderança da prova por 13 dias consecutivos. Quando faltam quatro dias para o final da prova, ninguém sabe se o ciclista vai manter a maglia rosa até Milão mas, para a maior parte dos portugueses, e dos amantes de ciclismo, ele é o grande vencedor da edição de 2020 do Giro.
Fotos: Giro d’Itália

Exclusivo

Oeste vai ser a primeira região turística inteligente de Portugal

Uma sucessão de projetos e iniciativas está a colocar o Oeste no mapa. Não o geográfico, mas o da inovação, da sustentabilidade e do desenvolvimento. A região possui cada vez mais trunfos para descolar, mas há quem ainda identifique lacunas por preencher.

Exclusivo

Vespa asiática. Praga está descontrolada e elas estão a aproximar-se de nós

São grandes, picam com força quando provocadas e arrasam colmeias para alimentar as crias. As asiáticas (ou velutina) provocam prejuízos aos apicultores do distrito e agora estão a entrar nos núcleos urbanos. Fomos acompanhar uma ação de neutralização de um ninho desta vespa cuja propagação está descontrolada.

Tocatas dos ranchos de Leiria ao vivo no Teatro Miguel Franco

Contra a inércia provocada pela pandemia, 17 instituições folclóricas do concelho de Leiria dão concertos em novembro e dezembro no âmbito de “Tocar a tradição”.

Fotogalerias

Mais artigos