Assinar Edições Digitais

(Des)arrumar ideias: Aldeia global

A mais recente campanha publicitária de uma conhecida operadora de telemóveis dá o mote para a minha reflexão.

Patrícia Martins, animadora Cultural patriciafrmartins@gmail.com

A mais recente campanha publicitária de uma conhecida operadora de telemóveis dá o mote para a minha reflexão.

Aldeia Global é mais um excelente trabalho do realizador Marco Martins que já nos habituou à sua qualidade não só no contexto publicitário, mas também em momentos deliciosos no cinema, como foi o caso de Alice. Para além de cumprir o seu objetivo em termos de marketing, este é, na minha opinião, um excelente exemplo do que pode e deve ser a cultura, a tecnologia e a criatividade ao serviço das populações, como fator de progresso, inovação, criação de laços de proximidade e desenvolvimento comunitário. Para além de motivar a população transmontana, que participou num esforço conjunto, este projeto deu a conhecer um pouco da sua cultura, das suas gentes, envolvendo-as e tornando-as parte integrante do processo criativo, sem renegarem as origens e sendo atores no seu quotidiano habitual. Os honorários reverteram para um almoço-convívio entre todos os habitantes e a equipa de produção e para uma instituição local, tendo em vista o benefício comum. Casos como o Festival Bons Sons em Tomar e Materiais Diversos em Alcanena, entre muitos outros espalhados pelo nosso país, incluindo a nossa cidade, mostram que o potencial criativo português ao serviço da comunidade está bem e recomenda-se. Talvez continuando tenhamos a esperança de um futuro melhor, numa altura em que tem custado acreditar!

(texto publicado na edição em papel de 27 de julho de 2012)